Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Isaías 55: 6.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” – Is. 55: 6.

A Onipresença de Deus não nos deixa dúvidas de que Ele está em todos os lugares ao mesmo tempo, sempre. Além disso, Ele é Onisciente e, portanto, tudo sabe. Então, por que o verso nos diz o que diz? Por acaso haverá tempo em que Deus não poderá ser “achado”? E invocado, por estar longe? Acho que não é esse o enfoque do verso. O que fica longe de Deus é o coração humano. E, enquanto ele pulsa, isto é, o coração do ser humano, há a possibilidade da pessoa se acertar com Deus. Acha-se Deus em vida, e na vida Ele está sempre perto de um pedido singelo de alguém. O Senhor se coloca ao alcance de qualquer pessoa durante a vida, por Jesus. E Jesus é o único Caminho, não há outro. Muita gente é engodada no caminho da vida, e segue outras doutrinas, credos e crenças, que supostamente levam a Deus. Mas não levam. Algumas dessas religiões têm até ideias bonitas, são organizadas e hierarquizadas, têm práticas sadias, ideais e mantêm uma fachada de austeridade. Mas a Deus, só quem nos leva é Jesus.

As religiões buscam padronizar as pessoas, com trajes, princípios, práticas e ritos, em superposição às culturas, tradições e legados de povos ancestrais. Ocupam o tempo dos seus fiéis com eventos de variadas naturezas. E passam a falsa impressão de que seus seguidores estão em contato com Senhor. Muitas vezes nem são religiões, mas organizações particulares, laicas ou não, que imprimem em seus associados uma sensação de pertencimento, companheirismo e segurança, sendo que, para muitos, isso basta. Nesses tipos de entidades, talvez, não em todas, nós encontramos pessoas verdadeiramente muito boas, que se empenham em fazer caridade, são fraternas e realmente bem-intencionadas. Contudo, o que geralmente acontece a quem se dispõe a se associar a tais entidades é bem diferente de servir e seguir ao Senhor Jesus. O que ocorre é que as pessoas se adéquam às regras de tais entidades, sendo que a mudança nelas é externa. Ou seja, apenas seguem padrões e práticas impostas pelo “status quo” de cada uma delas, sem mais nem menos. E, como dito, sem Jesus, sem Deus.

Deus Pai sempre deve ser o Centro de todas as coisas. Ele é, de fato, o Centro de todas as coisas, por Si só, porém, para cada pessoa viva, Ele só será o Centro se Ele for escolhido pela pessoa, não no sentido de Deus Todo-Poderoso e Criador de todas as coisas, mas de Deus pessoal e Pai. O Senhor nos criou menores que os anjos, e somos muito limitados em relação ao que acontece no Mundo Espiritual, ao Qual não temos acesso, salvo raríssimas exceções. Vez por outra alguém é arrebatado e vê maravilhas; outras vezes há pessoas com o dom de “ver” o Mundo Espiritual, tanto as maravilhas como os horrores. Algumas dessas pessoas servem a Deus, em Jesus, outras não. Esse Mundo Espiritual é o destino de cada um de nós, que ainda respiramos e que estamos “presos” dentro de um corpo que se desgasta dia após dia. Humana e materialmente falando, todo ser humano é corruptível e decadente. E o que era pó ao pó torna. Tudo na vida é cíclico, incluindo as nossas vidas. Dada a volta, fim. Ao menos, na carne. Esse fim é certo e esperado.

O ser humano só tem uma coisa sua nesta vida: o seu coração. Do jeito que ele veio ele vai. E, fora o coração, tudo o que ele “tem” em vida só terá utilidade em vida, seja pouco seja muito, não importa. Logo, é o tesouro que ele acumular em seu coração que terá valor depois da morte. Assim, é a consciência em Cristo Jesus que dá ao homem a chance de progredir como pessoa. Não se trata de nada externo, de nenhuma prática ou padrão, não; trata-se apenas e tão somente de Jesus. E de mais nada, nada. Flui de dentro para fora. O resto de fora para dentro. O que vem de fora enche, mas não preenche; o que está dentro preenche, e flui para fora. Há um vazio em nós, isso mesmo. E esse vazio ou se enche ou se preenche. Ele se enche com todo tipo de coisas, mas só se preenche com Jesus. Jesus é a “Peça” faltante em cada “quebra-cabeça” humano. O único modo de se conseguir em si mesmo o Espírito Santo de Deus. Ao optar por Jesus, é fácil encontrar o Senhor: basta olhar para dentro de si mesmo e, mais perto do que isso, ora, impossível. Os requisitos para tal condição são bastante simples, na verdade: em vida, e voluntariedade, estar vivo e querê-Lo, em Jesus, de coração. Só isso.  

© Amor-Perfeito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: