Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Isaías 42: 2.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Não clamará, não se exaltará, nem fará ouvir a sua voz na praça” – Is. 42: 2.

O Cordeiro de Deus era como um cordeiro: manso, pacífico, inofensivo. Jesus, quando esteve entre os homens, era afável, sereno, tranquilo, bom. Algumas vezes Ele respondia com dureza e severidade, é verdade, mas sempre acontecia assim se Ele estivesse diante da falsidade e da hipocrisia. Outras vezes Sua resposta vinha com tanta presença de espírito e sabedoria, que deixava Seus oponentes literalmente sem palavras e maravilhados. Jesus não elevava a Sua voz para pregar a Palavra de Deus, não gritava, não tentava convencer ninguém, não contendia. Não. Jesus simplesmente falava do Reino de Deus com amor e paixão, de maneira que contagiava e demovia com absoluta naturalidade os Seus ouvintes. E mesmo assim, ainda, alguns conseguiam ter raiva e ódio Dele. Jesus amava até mesmo aqueles que O odiavam, e por eles chorava e sofria. Jesus era uma pessoa especial, única, diferente espiritualmente de qualquer outra, e ninguém Lhe chegava aos pés, sequer. Ele era e é incomparável.

Isaías, pelo verso, falava Dele, Jesus. A loucura do conteúdo da fala de Isaías advém do fato de ser uma Profecia, visto que ele, Isaías, não conheceu Jesus em vida, e esperava por Ele, falava Dele, profetizava em relação a Ele. Jesus, a Esperança de Israel, porém, em época vindoura, muitos séculos adiante no tempo. Jesus, o Redentor de Israel e de todos os outros povos, raças, tribos e nações. Jesus, que veio em carne, e foi maltratado e desacreditado pela maioria de Seus conterrâneos. (Que pecado…!). Jesus, que segundo o próprio Isaías, não tinha formosura alguma e beleza não se encontrava Nele, para que os homens o desejassem como enviado de Deus (Isaías 53: 2). Jesus, que foi desprezado, e tido como o mais indigno dos homens, na medida em que falava do Pai (Isaías 53: 3). Jesus, Homem de dores e experimentado no sofrimento, próprio e alheio (Isaías 53: 3). Jesus, que tomou sobre Si as nossas enfermidade e fraquezas, e as nossas dores e aflições levou Consigo (Isaías 53: 4). Jesus, ferido de Deus, aflito, e oprimido (Isaías 53: 4). Jesus, que foi ferido pelas nossas transgressões, e nos trouxe a paz, e nos livrou do castigo certo, e fomos sarados (Isaías 53: 5).

Jesus, Ele, o Mestre que nos juntou como Povo de Deus, nós, ovelhas desgarradas do Rebanho, cada um andando segundo seus próprios conselhos tortos, suas convicções injustas e consciências deturpadas (Isaías 53: 6). Cada um pelo seu caminho, e Jesus nos congregou. Sobre Ele caiu todas as nossas transgressões e iniquidades. Jesus foi humilhado, pisado e oprimido, para nos trazer a paz e a salvação. Humilhado ao extremo, Ele não abriu Sua boca contra Seus detratores, e como cordeiro foi levado ao matadouro, como ovelha muda perante Seus tosquiadores, e Ele tudo fez e passou em silêncio divino. Só que Jesus nunca foi um simples cordeiro, ou uma simples ovelha, não, Jesus foi e é o Cordeiro de Deus, Santo, Santo, Santo, que tira o pecado do Mundo (João 1: 29 a 31). Jesus é Deus, Emanuel = Deus conosco! No Livro de Isaías, Capítulo 53, a história profética de Jesus está completa: ali se lê tudo o que Jesus representa e o tanto quanto sofreu (e sofre) por nós. Vale muito a leitura. E depois, adiante no tempo, nós conhecemos os feitos e atos de Jesus, pelo Novo Testamento inteiro. E ainda há espaço para muita elucubração nossa… – Nele (João 21: 25).

Esse foi e é Jesus, porque Ele não muda. Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje, e eternamenteHebreus 8: 18. O Senhor Jesus mantém pela Eternidade o Seu caráter inalterado, sem sombra de variação, sendo Ele bondoso, justo, amoroso, compassivo e Dono das melhores virtudes. Jesus é o Detentor da Sabedoria de Deus, e é o Único Caminho a Deus Pai (João 14: 6). Se na época de Jesus era comum dizer que “todos os caminhos levavam a Roma”, e que isto virou até um ditado popular entre nós, hoje, de lá para cá, com muito mais propriedade e razão é correto dizer que o Senhor Jesus é o Único Caminho que nos leva ao Senhor Deus, Todo-Poderoso, Seu Pai, nosso Pai. Em linguagem nossa, moderna, podemos dizer que “Jesus era, foi e é o Cara!” (perdoem-me pela brincadeira…). Falar de Jesus é a melhor coisa que alguém pode fazer nestas “conturbadas bandas” em que vivemos. Adorei falar (escrever) Jesus, Jesus, Jesus, várias e várias vezes, neste texto. Ahh! É assim que tem de ser: Jesus, Jesus, Jesus, Nele, por Ele, sempre Ele, louvado e amado! Seja assim a minha vida! E a sua também! Aleluia! Glórias a Deus: Jesus! Jesus! Amém! Jesus!

© Amor-Perfeito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: