Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Atos 4: 11.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Em nenhum outro há salvação, pois também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos” – At. 4: 11.

Jesus. Em Nome de Jesus. O Nome de Jesus. Cristo/Messias, Mestre. O Filho de Deus. Emanuel. O Príncipe da Paz. O Ungido de Deus. O Plano de Redenção do ser humano vem de Deus, mas Jesus é o Executor, por assim dizer. Ninguém se achega ao Senhor senão por intermédio de Jesus e, como nos ensina a Palavra, Ele é o Caminho, e a Verdade, e a Vida. E o verso nos diz que Seu Nome é poderoso e exclusivo para a salvação. Não há nada nem ninguém mais excelente do que Cristo Jesus, entre os homens, na Humanidade, no Universo inteiro, em qualquer lugar e situação. Jesus é Tudo, e é Tudo em todos e em todas as coisas. Eu conheço muitas pessoas que não são cristãs, ou crentes em Jesus. Muitas vezes essas pessoas são inacessíveis, no sentido de ouvir falar de Jesus, logo, quando tenho a chance, digo a elas: Faça o que quiser e pense como quiser, mas não morra sem Jesus, sem se entregar a Ele, em particular, coisa entre você e Ele, seu coração e Jesus.

É difícil pregar o Evangelho a boa parte das pessoas. Tem muita gente que não vê Jesus como Senhor e Salvador, e os motivos são variados. Isso é o que mais me “dói” na vida, porque eu tenho dimensão daquilo que as pessoas perdem ao deixar de entregar-se ao Mestre. Eu vivo constantemente nesse “desespero silencioso”, que me consome como o zelo de Deus, porque vejo muitos perdidos e sem esperança. Isso não é uma crítica às pessoas que não têm Jesus, não, é apenas uma constatação e, creio, na maioria esmagadora das vezes, a própria pessoa não se enxerga como perdida e desesperançada. O ser humano faz o que pode para tocar sua vida. Ele usa o que tem para fazer isso. Porém, ao homem é dado o Livre Arbítrio e a consciência, sendo que essas coisas substituem o instinto puro e simples. O homem raciocina, pensa, reflete, logo, ele combina razão com instinto. Essa é a vantagem do homem em relação ao resto da Criação. E o homem vive procurando sentido para sua vida. Nada do que é efêmero pode ser tido como algo que dê sentido para a vida: são apenas “distrações”.

O que eu sou, e faço, e tenho, além de meus atributos, dons e aparência, são “elementos” de minha vida que me servem para esta vida, na carne. A Bíblia Sagrada nos diz que aos homens é lícito morrer uma só vez e depois disso encarar o Juízo de Deus (Hebreus 9: 27). Logo, parece, a vida na carne é única, e depois disso nos deparamos com a vida eterna. Nesta última seremos “revestidos” por um corpo incorruptível, Deus sabe. Para isto, contudo, precisamos morrer em Jesus. A vida vivida na carne sempre será permeada de imperfeições, erros e falhas, e Jesus é Quem nos livra das consequências dessas coisas e “nos mantêm de pé”. Graças a Jesus, não somos consumidos pela ira de Deus, que nos tolera (e ama), e as misericórdias do Senhor se renovam para nós a cada manhã (Lamentações 3: 22 e 23). Cada manhã nós acordamos depois de um período de escuridão, como se nascêssemos de novo. Como se dormir fosse semelhante a morrer. E as nossas chances se renovam com o fôlego de vida de Deus em nós. Como bem dizia Charles Chaplin, não existe “ensaio” na vida, “subimos ao palco” para “improvisar”. Melhor se for com Jesus “contracenando” conosco, não?

Estar em Cristo Jesus é nascer de novo (João 3: 3 a 8). Novidade de vida. E nesse aspecto trata-se de condição definitiva, não transitória. Sentido para a vida é passar pela vida em Jesus e sair da vida direto para Jesus. Como o ladrão arrependido crucificado ao lado do Mestre (Lucas 23: 43): … Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso. Por isso, Jesus é e deveria ser a Meta maior de vida de todo ser humano, o Objetivo a ser alcançado, o maior Prêmio possível. Eu quando penso, ou falo, ou converso, ou leio sobre Ele, todo o meu ser vibra de emoção e satisfação. É uma alegria imensa, imensurável, que toma conta de mim. Jesus significa tanto para mim que eu procuro “respirá-Lo”, ou seja, das menores às maiores coisas que eu faço na vida, cada uma delas, as faço buscando dar glórias a Jesus, e pensando Nele. Vida sempre “ligada” no “botão automático” no que concerne ao Senhor Jesus. E se acaso faço algo errado, a minha primeira vergonha é perante Ele, inevitavelmente. Jesus é o mesmo hoje, sempre e eternamente (Hebreus 13: 8). As coisas transitórias são indispensáveis na vida, talvez, a maioria delas, mas só Jesus é Sempiterno. Logo, nossa conduta primária na vida deve ser a de perseguir e adorar o Eterno; as coisas transitórias se desfarão a tempo certo. Amo o Senhor Jesus! E Ele sempre estará no “topo” de minha vida. E você, me acompanha?

© Amor-Perfeito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: