Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Provérbios 12: 3.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“O homem não se estabelecerá pela impiedade, mas a raiz dos justos não será removida” – Pv. 12: 3.

A tentativa de interpretação de qualquer texto ou frase, feita de forma literal, muitas vezes não atinge o objetivo desejado de compreensão, intentado pelo seu autor. Eis aqui um caso típico disso (penso eu). O Mundo em que vivemos é pleno de impiedades e de injustiças. Pleno. Cheio. Farto. Aqui entre nós os homens se estabelecem pela impiedade “a torto e a direito”. Aliás, essa parece ser a regra, até. O que mais se vê por aqui são homens ímpios usando e abusando de outras pessoas, por interesses próprios, ganância, egoísmo, poder ou algum controle que exerçam, além de muitas outras variantes nefastas. Isso que eu afirmo aqui está explícito nos meios de comunicação e por simples e mera observação nossa. Mas eu não estou contradizendo a Bíblia Sagrada, não, de jeito nenhum. O caso aqui é que a interpretação do verso precisa de um enfoque maior, mais amplo, espiritual e Bíblico, visto que é a mais pura verdade e realidade que homem nenhum “se estabelece” na Eternidade pela impiedade, ao contrário da “raiz” dos justos, que não será “removida”. Ou seja, os justos se estabelecerão Eternidade afora com Deus.

Isso é sério. Quando eu separei esse verso para escrever a respeito, houve um “bloqueio” em mim, em termos de “criatividade” para escrever. Precisei passar por uma injustiça, que foi incontornável pra mim, para poder “me soltar” e, finalmente, escrever. Sofri uma afronta que me incomodou muito, mas muito mesmo, porém, não vem ao caso descrevê-la aqui. Não quero piedade de ninguém, a não ser de meu Senhor e Salvador, que vela por mim todo o tempo. As pessoas que fazem malfeitos neste Mundo pagarão por seus atos, condutas e omissões não só por aqui, mas também pós-morte. Não por meu desejo, não, apesar de meu sentimento atual não ser muito louvável a respeito, mas por Regra Divina, pela Lei de Deus. Dessa Lei ninguém escapa, não há quem A contorne, não há poder humano que A distorça. Sinto muito pelos ímpios, acostumados a “dobrar” e “inclinar” as leis humanas a seus próprios ventres e vontades. Esperem pela aplicação da Lei de Deus, caso não se arrependam antes, e sofram as consequências. Serão duras e sem volta.

Eu assumo que estou meio “inflamado” ao escrever este texto, contudo, deixo as minhas escusas pelo fato de que eu estou cansado e farto de ver tantas injustiças e impiedades, tanto comigo como com as outras pessoas, não só com as que estão à minha volta e em meu país, mas também com as que estão espalhadas pelo planeta todo. Sempre existe o domínio de homens ímpios sobre uma maioria (ou minoria) que nada pode fazer contra, e isso é a coisa mais comum que encontramos. A exceção é justamente o oposto disso: alguém que tem domínio sobre outrem agir com justiça, compaixão e piedade. Nosso mundo é cruel e injusto, ponto. Deus não está no Mundo, na minha modesta opinião; Deus Pai está nas pessoas que O amam, pelo Espírito Santo. Deus Pai formou o Mundo como ele é, e nos criou à Sua imagem e semelhança, mas o resto é conosco: ser bom e justo é uma escolha particular de cada um de nós. Não concordo com a posição de alguns que dizem ser “vontade permissiva de Deus”, para tudo o que acontece por aí e conosco, de bom ou de ruim.

Isso é, pra mim, bobagem (desculpem-se pelo excesso de sinceridade). Deus está no controle do Universo, sim, Ele está e sem sombra de dúvidas. Mas nesse nosso “mundinho miserável” as coisas acontecem pela falta de virtudes e pela maldade inata do ser humano (narcisista e egoísta), que, na maior parte do tempo, está e vive apartado de Deus. Que eu esteja equivocado, mas eu acho que a maioria das pessoas não conhece, não tem interesse e vive como se jamais fosse morrer (e prestar contas a Deus). Encarar o Senhor e o Juízo de Deus sem ter vivido com Ele, por Jesus, ai, ai, eu estremeço só de cogitar isso. Porém, é o que ocorrerá com grande parte da Humanidade, que se estabelece pela impiedade, e não é compassiva e fraterna, desprezando o Senhor em suas almas “sujas” e perdidas. A “raiz que não será removida” pertence àqueles que se rendem ao Senhor, em Jesus, em vida. O “restante da turma”, todos eles, afetos a se estabelecerem por aqui pela impiedade em geral, estão “ferrados”, pós-vida, principalmente. Enquanto isso, nós, os crentes em Jesus, precisamos “absorver as pancadas” e nos resignar, porque onde esta gente está (e estão por toda parte) sempre haverá impiedades e injustiças. Deus nos ajude, em Jesus, a suportar tudo isso.

© Amor-Perfeito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: