Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Provérbios 20: 7.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“O justo anda na sua integridade; bem-aventurados são os seus filhos depois dele” – Pv. 20: 7.

Qual será o significado de “andar em integridade”? A Bíblia Sagrada, por exemplo, fala que ninguém é perfeito. Porém, íntegro é sinônimo de perfeito. Integridade é um substantivo feminino que deriva do adjetivo íntegro. À primeira vista, portanto, temos uma contradição. Mas a Palavra de Deus não tem qualquer contradição em Si mesma, apesar de que Ela cria “contradições” aos que não acreditam Nela. Bem, eu creio na existência de uma sutileza entre “ser íntegro” e “andar em integridade”, e isso não é, para mim, mero “jogo de palavras”, pode ter certeza. Cada pessoa tem o seu peculiar e próprio modo de “ver” o mundo e de “lidar” com as coisas. É uma situação “mutante”, que dia a dia se atualiza. Claro que há bases e fundamentos que não se alteram tanto; ou, talvez, sejam, mesmo, fixos e firmes, podendo ser identificados como advindos de convicções, índole, caráter Etc.

Ser 100% íntegro, portanto, parece ser uma tarefa Biblicamente impossível, se a acepção do termo for baseada em perfeição. Imaginemos alguém sem pecado… Não, não dá! Logo, se alguém peca, não pode ser tido como 100% íntegro. E todos nós pecamos e destituídos estamos da Graça de Deus (Romanos 3: 23). Para alcançarmos a Graça de Deus precisamos de Jesus, que nos leva a Deus, aliás, diga-se de passagem, o Único Caminho (João 14: 6). Aí nós nos entregamos a Jesus, nosso Mestre, e nos tornamos “justos”, que não é sinônimo de íntegro, mas vem de “justificação”, e é um ato de Terceiro em nós. É um ato de Jesus em nós, Dele, que nos justifica. A partir disso tornamo-nos justos, justificados. E o justo anda na sua integridade, pelo verso. Mas, como dito, esse justo que anda na sua integridade não é 100% íntegro (Eclesiastes 7: 20). Esta é a sutileza mencionada: o justo luta e se esforça para ser íntegro, de modo que anda na sua integridade. E essa integridade se baseia nas premissas do Reino de Deus.

Havendo sinceridade, quanto mais sincero for o justo, mais integridade ele terá. Trilhará os seus caminhos com ética, boa-fé e honestidade. Buscará jamais lesar alguém. Tomará para si somente o que é seu. E dará o que for devido a quem quer que lhe cruze suas veredas. Uma pessoa assim será candidata a ser imitadora de Cristo, com Paulo dizia ser (1 Coríntios 11: 1). Só que Jesus é perfeito, Paulo nunca foi, e não há contradição alguma nisso, como já bem sabemos. Seguir o Mestre é andar em integridade, mas jamais significará ser 100% íntegro. Paulo andava em integridade, mas nunca chegou perto de ser 100% íntegro. Ninguém jamais será. O único homem que andou neste planeta, e que se mostrou 100% íntegro, se chama Jesus Cristo de Nazaré, o Messias de Deus. Jesus é Deus, Emanuel – Deus conosco. Como, pois, alguém pode ter a pretensão de ser como Deus, 100% íntegro? Ao homem que quiser agradar a Deus, ora, que busque andar em integridade, pois. Diante do Senhor e dos homens, por Jesus.

Bem-aventurados são os filhos desse homem. Não só os filhos, por certo, porque esse homem abençoará a todos em seu entorno. Todas as vezes que a integridade vencer a batalha da carne contra o espírito, todos os envolvidos na peleja sairão ganhando alguma coisa. A virtude do justo é, pois, lutar e se esforçar para que, dentro de suas naturais limitações humanas, ele ande em integridade. Com isso ele será alguém que espalhará coisas boas ao redor de si, pelo caminho, e será um abençoador. Em todas as esferas de convivência de cada pessoa que se digne a andar com integridade, haverá sempre alguém colhendo bons frutos, desfrutando de relacionamentos equilibrados e “inteiros” (mesmo os mais fugazes), e “vendo” Jesus. O justo se preocupa com a retidão e com a equidade, porque busca a Deus constantemente, por Jesus. Se essas qualidades forem notadas pelo próximo em nós, ele verá o Senhor Jesus por nós, invariavelmente; porque se somos efetivamente retos, dignos, e agimos com justiça propositada, isso se dá, literalmente, graças a Deus, em Jesus, que nos capacita. O que seria de nós sem Ele? Bem, prefiro nem pensar…

© Amor-Perfeito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: