Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

João 9: 9.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Alguns diziam que era ele. Outros diziam: parece-se com ele. Mas ele mesmo insistia: Sou eu” – Jo. 9: 9.

Jesus cura um cego de nascença. Ou seja, Jesus deu a visão a alguém que nunca havia visto nada, jamais havia discernido forma alguma, nem sabia o que era “cor”. Podemos presumir que esse cego de nascença vivia na escuridão, no breu em plena luz do dia, em qualquer hora do dia, o que dá uma bela metáfora. Aliás, o texto todo é uma grande metáfora. Ou uma rica parábola de Jesus (chegaremos lá!). O sinal de cura realizado por Jesus causou perplexidade tal nas pessoas, que o caso foi levado aos Fariseus, e chegou a dividir suas opiniões, uns a favor, outros contra, mas todos perplexos. Chamaram os pais do cego, que confirmaram tudo. Perguntaram eles ao (que era) cego, várias vezes, a mesma coisa: como ele era cego e agora via, até que ele perdeu a paciência, respondeu de forma rude, e o expulsaram. E Jesus fez esse milagre em um sábado, fato este que escandalizou ainda mais os mais “beatos”.

Em relação ao cego, cujo nome não nos é revelado pela Bíblia sagrada, é certo que nele houve uma “transformação” física, uma expressiva e drástica mudança de “status”, de condição, pois que ele era cego, mas pela intervenção do Mestre passou a ver. Ele era um deficiente físico por conta de sua cegueira, e passou a enxergar. Jesus fez lama, aplicou-lhe a lama nos olhos, mandou que ele se lavasse no Tanque de Siloé, e ele foi curado. Siloé, que quer dizer “o Enviado”. Antes disso Jesus disse a Seus discípulos, diante de uma pergunta sobre pecado:Nem ele pecou, nem seus pais, mas isto aconteceu para que se manifestem nele as obras de Deus. Devemos fazer as obras daquele que me enviou enquanto é dia. A noite vem, quando ninguém pode trabalhar. Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundoJoão 9: 3 a 5. Que lindas palavras do Senhor Jesus!

Ver” e “enxergar” são palavras com mais de um sentido. Existe o sentido figurado pelo qual esses termos passam a ter o significado de “se perceber algo que não se via, percebia”, alguma coisa que estava oculta à percepção nos é revelada. Jesus nos dá um exemplo real no plano físico, humanamente impossível de qualquer um fazer, que é curar um cego de nascença. Mas Seu ensino visa o plano espiritual, pois Ele quer nos dizer que todos nós somos “cegos de nascença”. Nascemos “órfãos de Deus”. E, assim, nós precisamos de algo que só Jesus nos dá, que só Jesus pode nos dar, e ninguém mais; com isso, nós devemos-nos “lavar” no “Tanque de Siloé”, para, então, finalmente, podermos “ver” e “enxergar”. A Verdade, verdadeira realidade, nos é descortinada. E acaba que “o Enviado” de Deus nos modifica de forma profunda, maravilhosa e irretorquível. A mudança é tão grande que muitos não acreditam nela, a ponto de alguns dizerem a nosso respeito: “é ele mesmo”; outros dizem: “não, parece-se com ele, mas não é ele”; e nós gritamos em alta voz: “sou eu, eu mesmo, mas com Jesus agora, graças a Deus, Aleluia!”.

Essa transformação é espetacular, incomparável, única, e só a conhece quem, de fato, viveu isso. ISSO! Sempre que alguém se entrega a Jesus, por mais estranho que pareça, à sua volta ocorre alguma comoção, confusão, estranheza, censura, até pena, dentre outras inúmeras reações, muitas delas boas, claro. As pessoas, no geral, não entendem o que é e significa “ver” e “enxergar”, “ser curado” por Jesus. Quem não experimenta em si mesmo a bênção de ser “curado da cegueira” pelo Senhor Jesus, não alcança a grandeza da coisa. COISA! Todas as partes históricas desse Texto Bíblico são metafóricas e podem ser tidas por pequenas parábolas, ou partes de uma parábola maior. A riqueza desse trecho Bíblico é espantosa. Uma abençoada “mistura” de atos concretos de Jesus e fatos, com ensinos e verdades espirituais das mais vitais. Há pessoas que “em plena luz do meio dia” nada “enxergam”, apesar de não serem cegas. Se quiserem “ver”, precisam de Jesus Cristo de Nazaré. Qualquer pessoa só passará a “ver” se permitir que Jesus faça e aplique Sua “lama”, e “vá se lavar”, em seguida, no “Tanque de Siloé”. Sem que isso aconteça, muitos até veem, mas nada “enxergam”, infelizmente.

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: