Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Lucas 22: 27.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Pois qual é o maior, quem está à mesa, ou quem serve? Não é quem está à mesa? Eu, porém, entre vós sou como aquele que serve” – Lc. 22: 27.

Os últimos serão os primeiros”; “o maior será como o menor”; “quem quiser ser grande, que seja servo”; “dê a outra face”; “ande duas milhas”; “entregue a capa”; “ame os seus inimigos”; e por aí vai. Todas essas afirmações são de Jesus. O Mestre, com Seus conceitos e ensinos, subverte a ordem mundana de pensamento e de situação, nas quais imperam valores totalmente diferentes (muitos frontalmente contrários) daqueles que devem ser encontrados em um cristão. A consciência coletiva inerente ao Mundo e à sociedade em que vivemos tem uma crueza bastante peculiar: é a lei do mais forte, do mais capaz, do bom competidor, do mais inteligente, do mais rico e poderoso. A lei do mais forte é a lei aplicada entre os animais soltos na Natureza. Mas o ser humano pode e deve evitar e sair desse ciclo, visto que é um ser pensante, que raciocina e que tem uma inteligência diferenciada.

Os discípulos de Jesus discutiam entre si para ver quem era o maior deles. Tal era o contexto do verso acima transcrito. Essa contenda, no entanto, era contrária às virtudes do Reino de Deus, e não havia mentalidade cristã neles, em tal disputa. O enfoque dos discípulos nessa conversa era mundano e eles se baseavam, para tanto, na experiência de vida que tinham na sociedade e nos rudimentos do Mundo da época em que viviam. Entretanto, não era algo que os edificasse, dada a impertinência do assunto e do estado de espírito de cada um. Jesus interveio com as palavras do verso, e lhes disse que Ele era como aquele que servia, Ele era o exemplo a ser seguido. A consciência mundana, segundo Jesus, dizia que o que está à mesa é maior que aquele que serve. Essa consciência se aplica hoje em dia, como foi aplicada em todos os tempos, e será nos futuros. E Jesus “subverte” esse raciocínio corriqueiro, substituindo-o pela regra do Reino de Deus para tal situação.

Não é fácil ser seguidor de Cristo. É preciso ter em si mesmo uma profunda modificação de virtudes e valores, a tal da metanóia. Há a necessidade de abandonar várias coisas e gostos, às vezes, lutar contra os impulsos, as inclinações e os anseios da mente e do corpo, batalhar contra as compulsões. É preciso, em algumas ocasiões, fazer coisas e tomar atitudes “entre dentes”, ou seja, com esforço e por obrigação, contra a nossa natureza e vontade. Situações extremas são postas diante de todos nós.Pois há eunucos que nasceram assim; outros foram feitos eunucos pelos homens. E há eunucos que se fizeram eunucos por causa do reino dos céus. Quem puder aceitar isto, aceite-oMateus 19: 12. A vida cristã é cheia de desafios, de sacrifícios pessoais e de privações. Há, também, as provas e provações. Afinal, é uma mudança drástica para qualquer pessoa passar de incrédulo para seguidor de Cristo, e é uma dura mudança, especialmente, porque é interna, e o ambiente macro que nos envolve permanece o mesmo, em todos os casos.

O discurso de Jesus não é algo simples de se aceitar, pelo menos, não de imediato. A maioria das pessoas prefere “estar à mesa” a “servir a mesa”, essa é a verdade. Até porque uma das coisas mais difíceis a serem perseguidas e alcançadas é justamente a humildade. E a vida cristã é um processo, que dura exatamente toda a vida de cada um. Os erros são esperados, mas o Senhor nos levanta, ampara, corrige, em amor. O amor de Deus, aliás, é o que nos constrange a sempre darmos mais um passo em direção a Ele. De passo em passo, pois, chegaremos “”, em Nome de Jesus. Muitas situações virão, nas quais deveremos nos fazer “eunucos” para honrar o Nome do Senhor. Que Deus Pai nos ajude e nos dê disposição e força para assim agirmos, sempre que necessário. E que o Senhor nos ensine tanto o “estar à mesa” como o “servir a mesa”, para que possamos ser completos, boas pessoas a servi-Lo, entre nós, por Jesus, especialmente.

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: