Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Mateus 7: 25.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Desceu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa; contudo, ela não caiu, porque estava edificada sobre a rocha” – Mt. 7: 25.

O verso é parte de uma pequena parábola contada por Jesus. Ele fala da “casa construída sobre a rocha”, no caso, “Rocha”. Ora, Jesus é Deus. E Jesus é conhecido e chamado, também, de Emanuel, que significa “Deus conosco”. Há muitas alusões a Deus, na Bíblia Sagrada, comparando o nosso Senhor como sendo uma poderosa Rocha. Deus Pai é assim descrito nas Escrituras: Ele é a Rocha, cuja obra é perfeita, e todos os seus caminhos são justiça. Deus é a verdade, e não há nele injustiça. Ele é justo e retoDeuteronômio 32: 4. O Senhor é citado no Velho Testamento como a “Rocha de Israel” (Isaías 30: 29). E é bom e recomendável que todos nós calquemos as nossas vidas no Senhor, a exemplo do Salmista: Tirou-me de um lago horrível, de um charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passosSalmo 40: 2. Devemos todos, pois, a nossa total confiança em nosso Deus e Pai: Confiai no Senhor perpetuamente, pois o Senhor Deus é uma rocha eternaIsaías 26: 4.

A parábola em apreço nos traz uma metáfora importante e interessante. Porque nos adverte sobre o contrário, isto é, que nem todos constroem as suas casas na Rocha: há aqueles, muitos, que constroem as suas casas na areia (Mateus 7: 26 e 27). A areia não dá sustentação aos alicerces de uma edificação, seja ela qual for. E essa comparação se dá na medida em que Jesus dizia aos seus ouvintes que precisavam ouvir e praticar as palavras que Ele lhes dizia. Quem está em Jesus, “fez sua casa na Rocha”; quem não está em Jesus, “construiu sua casa na areia”. Não é difícil entender as implicações do confronto entre esses dois exemplos, especialmente porque Jesus “joga” por sobre essas “casas” toda sorte de intempéries: “Desceu a chuva”, e “transbordaram os rios”, e “sopraram os ventos”, e atingiram direto essas “casas”. Qual delas ficou de pé? Sabemos bem que foi a “casa construída na Rocha”, não é?

As “intempéries”, em sentido não literal, são os infortúnios, as mazelas, os sofrimentos, os desencontros, as dores, os desamores, de todos nós. Não há quem não as sofra ou se veja livre delas. Todos nós somos afligidos por essas coisas durante a vida. No entanto, aquele que “edificou sua casa sobre a Rocha”, isto é, está em Jesus e com Jesus, passa por esses problemas e dificuldades com mais tranquilidade e paz do que a “turma da areia”, que não crê no Mestre. Aliás, muita gente não só não crê no Senhor Jesus, como também não gosta Dele. Há muitos que O odeiam, em verdade. Mas o Senhor já havia previsto isso, quando disse: (Como está escrito:) Vede, eu ponho em Sião uma pedra de tropeço, e uma rocha de escândalo, e todo aquele que nela crer não será confundidoRomanos 9: 33.

Para a Humanidade, portanto, Jesus é a “Pedra Angular”, ou a “Pedra de Esquina” (Atos 4: 10 a 12), mas Ele acaba sendo rejeitado por boa parcela dos seres humanos vivos (1 Pedro 2: 6 a 8). “Vivos”, disse, já que é necessário tomar a decisão por Jesus em vida, ou seja, enquanto há “fôlego de vida”, que nos torna em “almas viventes” (Gênesis 2: 7). De nada adianta clamar por Jesus, por conseguinte, depois de morto, segundo nos ensina a Palavra de Deus (Eclesiastes 9: 4 a 6; e a Parábola no Livro de Lucas, Capítulo 16, versos 19 a 31 – O rico e Lázaro). Nós, que O amamos e a Ele nos entregamos, no entanto, somos e estamos firmados na Rocha, seguros. Não há quem fique imune aos dissabores e aos conflitos do Mundo e da vida, mas conseguimos vencê-los e transpô-los com mais tranquilidade, visto que Dele recebemos serenidade e paz. Com Jesus estamos do lado vencedor, e alcançaremos a vitória em tempo oportuno. São de Jesus as palavras: No mundo tereis aflições. Mas tende bom ânimo! Eu venci o mundoJoão 16: 33 – 2.ª Parte. Resta-nos, pois, tão somente crer, e seguir o conselho de Jesus, qual seja, o de “construir a nossa casa na Rocha”. Simplificando: Nele e por Ele!

© Amor-Perfeito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: