Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Tito 2: 6.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Exorta semelhantemente os moços a que sejam moderados” – Tt. 2: 6.

Claro está que a palavra “semelhantemente” do verso nos ensina que não só os moços devem ser moderados, mas todas as pessoas, de qualquer idade, sem exceções. Ter ou agir com moderação é um bom conselho, a ser adotado sempre que possível, e como regra. Há ocasiões anormais na vida, no entanto, nas quais a moderação precisa ser posta de lado, mas isso deve ser visto e considerado como caso isolado. Na eventualidade de uma pessoa estar, como se diz, “entre a cruz e a espada”, talvez o “excesso de força”, ou a falta de comedimento, seja mesmo a única saída viável. Deus sabe… E conhece todos os corações!

Moderação é uma virtude, a virtude de fazer todas as coisas na exata medida, ou na medida certa, nem mais nem menos. É evitar os excessos, bem como o “exceder-se”. “Toda virtude é um ápice entre dois vícios: o da falta e o do excesso” – Aristóteles. É comportar-se, pois, com prudência e cautela. É agir sempre com cuidado e atenção, “de olho” nos limites razoáveis que envolvem cada situação de vida. É ter temperança, ou seja, equilíbrio e parcimônia em suas atitudes. É primar, pautar e calcar os seus caminhos na busca pela justiça e pela equidade. Ser moderado é ser sábio, é demonstrar inclinação à sabedoria: … a sabedoria que vem do alto é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisiaTiago 3: 17. Boa “receita” essa, não?

Todos nós devemos nos conduzir com moderação, sempre. Ao menos, se tanto, precisamos tentar. Empregar esforços nossos nessa empreitada. Um homem adulto, v.g., possui cerca de 65% de água em seu corpo. Água é sinônimo de vida, visto que no corpo desempenha imprescindíveis funções ao bom desempenho do organismo humano, preservando-o. E mais: o corpo humano, desde que saudável, não aguenta ficar mais de cinco dias sem a ingestão de água. No quinto dia os sintomas da desidratação são terríveis, o corpo entra em choque, e a morte é uma questão de tempo. Por outro lado, beber água demais também pode matar. Não pretendo me estender nesse assunto, mas excesso de água intoxica, baixa os níveis de sódio e pode colapsar o organismo de um ser humano. Alguém poderia imaginar uma “overdose” fatal de água? Pois é, pode acontecer e, em verdade, já aconteceu.

Este é um exemplo simples do que é ser moderado. Mas a moderação se aplica a todas as coisas, não só nas questões envolvendo alimentos, bebidas, drogas (incluindo remédios) Etc. No trato geral e cotidiano com outras pessoas, nas diversas esferas da vida de qualquer pessoa, o comedimento também é recomendado. Ao dirigir, moderação. No consumo, moderação. No sexo, moderação. Em qualquer vício (ainda que sem risco), moderação. Vaidade excessiva por beleza, não, moderação. “Workaholics”, negativo, moderação. “Chocolate”, moderação. O que mais se possa pensar e refletir a esse respeito e tema, moderação. Por fim, uma boa sugestão, Bíblica: Seja a sua moderação conhecida de todos os homens. Perto está o SenhorFilipenses 4: 5. E falando no Criador, talvez o único excesso lícito que poderíamos ter, sem culpa, seria mesmo o nosso amor (devido) e a nossa gratidão (devida) a Deus Pai, por Jesus Cristo, nosso Senhor. Neste específico caso, pois, melhor “pecarmos” pelo excesso…

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: