Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Lucas 9: 27.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que não provarão a morte até que vejam o reino de Deus” – Lc. 9: 27.

Creio que a leitura desavisada deste verso, por minha modesta visão, nos leva a interpretá-lo de maneira equivocada. Dá-se a entender pelo que Jesus dizia que muitos não experimentariam a morte, e veriam o Reino de Deus, digamos, “sem escalas”, de forma direta, sem morrer fisicamente. Contudo, o Senhor Jesus, como Messias e Filho de Deus, trouxe Consigo, com Sua vinda, o Reino de Deus até nós. Isso implica dizer que todos nós morreremos, como esperado e natural, mas muitos de nós – não todos – “veremos” o Reino de Deus ainda em vida. O Reino de Deus, por Jesus, atua por sobre nós, isto é, ao nosso redor, e em nós, quando recebemos o Espírito Santo de Deus.   

Essa situação de termos contato, e mesmo de vivermos no Reino de Deus onde estamos e em qualquer lugar, deve ser considerada como um verdadeiro milagre de Deus. Um milagre que nos atinge, todo nosso. Não é pouca coisa vivenciarmos essa grata experiência. Muitas pessoas passam pela vida sem jamais ter contato com o Mestre, sem sequer ouvir falar Dele. Outros tantos desacreditam que o Espírito Santo exista e que Cristo Jesus seja o Messias de Deus. Li em algum lugar que a blasfêmia contra o Espírito Santo seria não crer em Jesus como Senhor e Salvador (depois de tê-Lo conhecido), sendo Ele o Cristo de Deus. Não crer que Deus Pai O teria enviado com o propósito do Plano de Redenção. Não sei ao certo se isso é correto, mas que faz sentido, bem, isso faz. Fica a reflexão a todos, nesse específico ponto.

De outra sorte, eu creio que tenho vivido no Reino de Deus, desde a minha conversão. E não é questão de fé, mas de sentimento, de sensibilidade, de realidade. Vejo muitas coisas maravilhosas acontecendo à minha volta, e em Jesus consigo discernir espiritualmente muitas situações que “de outro modo” simplesmente não poderia. “De outro modo”, digo, sem o Espírito Santo em mim. A Bíblia Sagrada nos ensina que há um “véu” de ignorância cobrindo o nosso “entendimento” em relação às coisas espirituais. Trata-se de puro desconhecimento de Deus e das benesses que O acompanham. Portanto, é ignorância nesse sentido. E esse “véu”, muitas das vezes, é mais um “capuz” do que “véu”, propriamente dito, vez que, geralmente, se vê pelo “véu”, pouco, mas se vê; e o “capuz” impede totalmente a nossa visão. No caso do “véu”, o que porventura enxergamos fica turvo, sem contornos definidos, embaçado, no mínimo. E isso já é mais que suficiente para nos causar vários prejuízos de ordem espiritual, cujos reflexos se espraiam em todas as áreas de nossas vidas, além de alcançar também o porvir, isto é, a Eternidade.

Esta, a Eternidade, se subdivide em duas possíveis situações, apenas duas: a Eternidade com Deus, por Jesus, e a Eternidade sem Deus. Ou a Eternidade no Reino de Deus, ou fora Dele. Ora, veja-se bem que, se somos de fato seres eternos, na Eternidade nós já estamos todos, desde sempre, aliás. Porém, o Reino de Deus parece ser algo mais exclusivo, apesar de que qualquer pessoa teria, em tese, acesso. Para fazer parte da Eternidade no Reino de Deus, portanto, a pessoa teria (tem) de fazer essa opção. E é aqui que reside a suprema diferença: ao se fazer essa opção a pessoa, qualquer uma, inicia a sua vida na Eternidade com Deus, no Reino de Deus. Essa opção se faz por intermédio de Jesus Cristo de Nazaré. E Ele declarou ao Mundo: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mimJoão 14: 7. Aos que já estão no Reino de Deus, “Aleluia!”, a nossa alegria é mútua. Aos que estão fora Dele, a minha sincera oração a cada um de vocês, que leem este texto: espero que você esteja em breve entre aqueles que não provarão a morte antes que vejam o Reino de Deus. Que o Senhor possa remover o “véu” de sua cabeça, ou o “capuz” (que seja!), e lhe abra o entendimento (o coração) para todas essas coisas e maravilhas. E se assim for, em Jesus, seja bem-vindo ao Reino de Deus.

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: