Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Provérbios 13: 9.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“A luz dos justos brilha intensamente, mas a lâmpada dos ímpios se apagará” – Pv. 13: 9.

Sabe aquela sensação de impunidade, pelos “desmandos” alheios, que vez por outra nos acomete? E que nos dá um horrível sentimento de indignação e ira? Pois é, o “acerto” a respeito dessas coisas pode até tardar, mas não haverá falha alguma nisso. Já disse isso em outra ocasião, e peço licença para repetir: imagino que o Senhor olha para o Planeta Terra, do alto de Seu esplendor, e vê várias “luzinhas” bem acesas, frenéticas, luzindo de um lado a outro. “A luz dos justos brilha intensamente”. São os corações de Seus santos que Ele vê, e Se agrada. Muito acertada é a afirmação de que “o Senhor não vê cara, mas coração”. E isso tem fundamento Bíblico: O Senhor não vê como vê o homem. O homem olha para o que está diante de seus olhos, porém, o Senhor olha para o coração1 Samuel 16: 7, do meio para o fim. E eu espero, sinceramente, que toda e qualquer pessoa que leia este texto, atente para o que nos ensina o verso de 1 Samuel, pois que isto é sério, muito sério. 

De outra sorte, nós todos, quando olhamos para o ímpio, não o vemos, comumente, como um “monstro”, cuja aparência é feia, ou como um bandido desalmado e cruel (até existem casos como este, que são mais “honestos”, no sentido de dizer quem são e o que fazem de fato essas pessoas, realmente). A “lâmpada dos ímpios”, que é o que vemos (o exterior), geralmente, não desagrada os nossos olhos. Pelo contrário, normalmente essas pessoas nos passam (buscam nos passar) uma imagem de respeitabilidade e integridade. No mais das vezes, estão sempre bem vestidas, limpas e asseadas, ornadas com todo tipo de parafernália cara (joias, canetas, celulares e toda sorte de bugigangas de última geração, óculos, relógios, perfumes Etc.), vivendo no luxo e bem providas de bens materiais. Neste grupo vemos de tudo um pouco: políticos, agentes políticos, funcionários públicos, advogados, líderes religiosos, marginais de toda laia, médicos, empresários Etc., todos pomposos e impecáveis aos olhos de quem os vê, mas não passam de impostores, “atores” canastrões, e o Senhor encontra apenas “escuridão” em seus corações. Decerto, estes são … semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos, e de toda imundíciaMateus 23: 27, 2.ª Parte.

O verso seguinte de Mateus 23 (28) nos diz, ainda, que essas pessoas “parecem justas aos homens”, porém, na verdade, “interiormente estão cheios de hipocrisia e de iniquidade”. E isso é importante na medida em que nós precisamos sempre ter em mente, para o bom entendimento desta mensagem, que são duas as perspectivas de se ver a coisa toda: a nossa e a do Senhor. Nós não vemos os corações das pessoas, e resta para nós, como coisa corriqueira e ordinária, julgar os nossos semelhantes pela aparência. Já Deus Pai jamais julga alguém pela aparência: Ele nos julga pelo que realmente somos; Ele tem acesso ao âmago do ser humano. Logo, se o critério a ser adotado por nós, nesse tema, for o da “lâmpada dos ímpios”, nós cometeremos vários erros e seremos injustos, certamente. Um coitado maltrapilho, malvestido e sujo, “duro”, sem valor aparente para qualquer “honorável” sociedade, pode ser (na realidade), “um justo cuja luz brilha intensamente” aos olhos do Senhor, mesmo que desagrade os nossos olhos (e narizes). Não vos esqueçais da hospitalidade (e fraternidade), pois por ela alguns, sem o saber, hospedaram anjosHebreus 13: 2. Nós não temos condições de julgar quem são as pessoas, por isso o nosso necessário cuidado nessa matéria; mas os indícios de que alguém não presta, e a indignação que isso nos causa, por atos e condutas nefastas, nada disso deve nos afetar tanto, porque “a lâmpada dos ímpios se apagará”, e isso é o Senhor quem nos diz.

Logo, se estivermos em Cristo, e sob essa bendita condição, a Bíblia Sagrada nos ensina que: Se esperamos em Cristo só nessa vida, somos os mais infelizes de todos os homens1 Coríntios 15: 19. Imaginemos, pois, aqueles que nem em Cristo estão e, ainda, buscam tirar indevidamente o maior proveito para si, somente nessa vida. Há mais coisas no que pensar e se preocupar, e isso remete cada um de nós à realidade do pós-vida com Cristo. O que vive dissolutamente, lesando o próximo de qualquer forma, seja de modo individual ou coletivo, e visando unicamente o seu conforto e bem-estar, o que esperar do futuro dessa pessoa? Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivoHebreus 10: 31. O verso de abertura deste texto nos ensina que o Juízo de Deus sobre os ímpios é ligeiro e certo, sobremaneira porque “a vida é um sopro”. Assim, hoje, a aparência de certas pessoas é de sucesso, integridade e de honradez, mas por certo a “escuridão” as aguarda, no induvidoso amanhã. Portanto, é uma questão de tempo, tão somente.

© Amor-Perfeito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: