Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Provérbios 3: 27.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Não retenhas o bem de quem o merece, estando na tua mão poder fazê-lo” – Pv. 3: 27.

Fazer o bem é um dever de todo cristão. Ponto. Fato. Você crê em Deus, se considera um cristão ou crente em Jesus? Então você deve fazer o bem, tem a obrigação de fazê-lo. Porém, ninguém há que tenha condições de “salvar o Mundo”, e isso quer dizer que nem sempre nós conseguimos ou temos a oportunidade de fazer o bem. O verso acima transcrito (Palavra de Deus) vem em nossa defesa para dizer que estando em nossas mãos fazer o bem, ora, nós temos de fazê-lo (não há escapatória ou desculpa para o contrário). O pecado no presente tema, então, não é deixar de fazer o bem por alguma impossibilidade qualquer, mas deixar de fazer o bem se e quando houver possibilidade de fazê-lo. Um bom exemplo é alguém reter o bem porque “acha” que a outra pessoa não o merece. Ou deve aprender ou sofrer algo, por conta disso ou daquilo que tenha, eventualmente, feito.

Ora, quem nos julga é Deus (só Ele tem esse poder e essa prerrogativa, aliás), logo, qualquer pessoa que retém o bem que deve fazer (estando em suas mãos fazê-lo), comete pecado, porque se coloca “no lugar” do Senhor. E veja-se que, como jamais saberemos quem merece ou não receber o bem que somos obrigados a fazer e a observar, nós devemos estar dispostos a sempre fazer o bem. Isto, na verdade, nos poupa de nós mesmos nos colocarmos na condição de acusadores e/ou julgadores; ou de, pior, “sobrepujarmos” ao Senhor (como se isso fosse possível, materialmente falando, mas no coração humano isso acontece com certa frequência, pela arrogância, loucura e soberba de alguns), sendo correto afirmar que tais situações são impertinentes perante Deus, para dizer o mínimo.

Certo é que o Senhor prefere a via da misericórdia e da compaixão, o que significa dizer que sempre devemos optar por fazer o bem, independentemente das circunstâncias. Só tem compaixão quem se discerne a si mesmo com humildade. Isso porque se a pessoa tem em si mesma a humildade, ela jamais condenará ou acusará o seu próximo, visto que, se assim agisse, além da hipocrisia deste ato, estaria apenas julgando um pecado alheio, porém, diferente do seu próprio pecado. Porque todos nós temos pecado, e diz a Bíblia Sagrada que quem diz não ter pecado faz de Deus mentiroso (1 João 1: 10). E esse sujeito não é de Deus, pois que contradiz e afronta a Palavra de Deus. Logo, qual é o pior: o meu ou o seu pecado?

Assim, por que os meus e os seus pecados seriam diferentes dos pecados do próximo? Há graduação de pecados agora, por acaso? Vejam que não há quem esteja sem pecado, e o que existe são apenas e tão somente pecados diferentes. … todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus,…Romanos 3: 23 (leiam Romanos 3: 21 a 31). Ora, se eu, que tenho pecado, julgo, acuso ou aponto o pecado de outra pessoa, não importa o motivo (porém, fica muito pior, se for por religiosidade ou para autojustificação), que moral ou que autoridade eu tenho para agir assim? Nenhuma, e nenhuma, nada. Peco! Sim, peco porque a questão é somente de diferença de pecado. O meu é tal e o seu é qual, cada um tem o seu! E se a discussão aqui é fazer o bem, fora de cogitação está fazer o mal, em qualquer circunstância. Se nós não podemos fazer o bem, jamais optemos por fazer o mal. Nunca! Deus Pai dá a devida paga a quem merece. O Senhor, que tudo vê, julga e condena como quiser (por Sua Reta Justiça), mas essa tarefa pertence somente a Ele, e a mais ninguém. Nossa parte nessa vida é, pois: fazer o bem, sempre que pudermos (jamais o mal); naquilo que não pudermos intervir ou interceder pelo bem, contemos com a certeza da aplicação da Justiça de Deus (ou Seu cuidado), esperando Nele, serenos, e em paz.

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: