Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

João 12: 26.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Aquele que me serve deve seguir-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E se alguém me servir, meu Pai o honrará” – Jo. 12: 26.

Um dos nomes pelos quais Jesus é conhecido, cuja menção vem expressa na Bíblia Sagrada (Isaías 7: 15; Mateus 1: 23), aliás, é Emanuel. E Emanuel quer dizer justamente “Deus conosco”. Logo, nada mais certo e verdadeiro do que Jesus afirmar, pelas Suas próprias palavras acima transcritas (verso), que onde quer que Ele esteja ali estarão, também, os  seus servos. Servos, seguidores, crentes, cristãos, discípulos Etc. (não importa tanto o nome, mas, sim, o estado de espírito e do coração da pessoa), onde eles estiverem Jesus com eles estará, e isso foi dito como Promessa do Mestre. E se foi Ele quem prometeu, ora, então, prometido está: é algo irrevogável, irretratável.

Servo é quem serve, parece óbvio dizer isso, mas não é assim tão simples discernir isso. Servo é, também, aquele que está a serviço, comissionado por alguém, ou que faz um serviço qualquer. Não se pode confundir serviço com atividade de igreja. Não. Creio que isso seria uma impertinência. As atividades de igrejas por aí, muitas vezes, geram um peso nas pessoas, que a elas aderem e comparecem imaginando que estão servindo a Deus. Erro, equívoco, perda de tempo, no mais das vezes. Ocupação não é o mesmo que serviço. Agenda cheia, idem. E se essas pessoas se recusam a participar dessas atividades, tal peso se torna culpa e, às vezes, esta vem acompanhada de medo. Pessoas nessas condições não são servas de Cristo, mas escravas do sistema ou doutrina de uma igreja qualquer. Servos de Cristo não são nem podem ser manipulados, ou, pior, escravizados; contudo, há pastores, bispos, “apóstolosEtc., que transformam servos de Cristo em escravos pessoais, que terminam por servir aos seus próprios intentos e ventres. Quem disse que a escravidão havia sido abolida? Há muitas formas de escravidão ainda em prática e, dentre elas, há a religiosa: uma das mais horrorosas e nefastas.   

Prefiro a ideia de que servo é aquele que ama o Senhor Jesus e reconhece sua dependência Dele e do Pai. Servo é a pessoa que O segue, de um modo ou de outro, e está sempre disposta ao serviço. Logo, serviço é a disponibilidade de alguém para servir a Deus quando requisitada, e mesmo quando não for, isto é, trata-se de um modo ou estilo de vida, de uma inclinação interna, nesse sentido, e não de algo visível, tangível. Tal estado de espírito leva o ser humano a ser bom servo (boa pessoa, íntegra): boa mãe, bom pai, bom amigo, bom irmão, bom colega, bom cônjuge, bom chefe, bom vizinho, bom cidadão Etc., ou seja, faz da pessoa alguém sempre inclinado a fazer o bem, a ajudar, a cuidar, a se doar, a estender a mão ao necessitado. Obreiro é quem trabalha na igreja (e pressupõe-se que seja servo); servo, além de obreiro (se for obreiro, pois que não é nem há obrigação de ninguém para isso, tampouco pode haver imposição de terceiros), é alguém que está sempre disponível para servir ao Senhor Jesus, em qualquer circunstância.  

O servo em tudo ouve o seu Mestre, e O segue. Escuta a voz de Deus e está sensível para tanto. O seu coração (e mente) está constantemente aberto para escutar o que o Senhor lhe pede ou tem a dizer. E em seguida o servo fiel age, estando ao seu alcance. Atento ele está a tudo e a todos, tanto para aprender, com humildade, como a fim de ver no que e como pode colaborar com Deus, ser útil, e exercitar o amor do Pai. Quem serve a Jesus está disponível a Jesus. E pela Bíblia Sagrada bem conhece a vontade do Pai amoroso. Dentro de suas possibilidades, pois, certamente servirá. O servo de Jesus reconhece o serviço como sua obrigação de fazer o bem, e se aparecer qualquer chance de fazer o bem, ou o certo, ou o que for correto, é o dever que lhe chama. Para o servo de Jesus “fazer o bem” (servir ou serviço) é algo natural, como respirar. A esse servo o Senhor honrará.  

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: