Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Salmo 139: 24.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno” – Sl. 139: 24.

Esse verso “mexe” muito comigo. Basta lê-lo, e logo sou invadido por uma imensa sensação de gratidão a Deus, além de imediatamente minha alma se elevar com pura alegria ao Senhor. Ato contínuo a isso, eu sinto vontade de orar agradecendo por tudo o que Ele já fez em minha vida, e também por Seu cuidado constante por mim. Chamo-O de Pai, e não é à toa. Qualquer pai “normal” vela pelo seu filho e, como eu sou filho Dele, sei com maior razão que Deus Pai vela por mim. Creio nisso, e penso que não há bem maior do que ter o Todo-Poderoso me ajudando a caminhar, e, ainda, ser alvo do Seu amor.

Eu não acredito no acaso, mas quando penso nisso, me lembro de uma frase de Albert Einstein, que diz: “O acaso é Deus que passeia incógnito”. Eu acredito em Deus e nas oportunidades que Ele me proporciona. Com toda certeza eu posso afirmar que eu não seria quem eu sou hoje, se “ontem” Deus Pai não tivesse entrado na minha vida, por Jesus. Não foi uma nem duas coisas que mudaram em mim, mas praticamente tudo e todos os meus conceitos anteriores, nos quais eu antes me amparava. Hoje eu tenho Quem me guie, e minha “bússola” ou “Manual da Vida” é a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada. Nela eu encontro tudo o que preciso para peregrinar.  

No passado, quando me vi diante de Deus pela primeira vez, e me converti, algo surpreendente, sobrenatural, aconteceu comigo. Coisas “loucas” aconteceram, na verdade. São inexplicáveis e inenarráveis essas experiências, mas posso dizer a todos que são reais. A pessoa, qualquer pessoa, normalmente está inserida e habituada a uma determinada realidade, e quando Deus vem a ela, essa realidade é “virada do avesso”. Há um “pensamento coletivo” em diversos níveis de percepção, que é comum e retrato da normalidade até, mas, quando Deus Pai aparece, nada mais tem o mesmo sentido e valor. Isso ocorre e nossa vida é “auditada”, virtudes e valores são revistos, tudo muda. Os nossos caminhos maus nos são revelados, expostos pela Luz, e nós temos a chance de mudar o rumo de nossa história. Aconteceu comigo, creia nisso.

Os mesmos olhos que antes “apenas viam” (ou nada “viam”…) passaram a “enxergar”. Ora, Jesus “abriu”, e “ainda abre”, os olhos de muitos cegos… (um exemplo edificante, milagre que causou muita polêmica: vide João 9: 1 a 41). E essa comparação é bastante feliz e pertinente porque “não ver” alguma coisa (não ter conhecimento), ou apenas “ver”, é diferente de “enxergar”. Em termos Bíblicos “ver” é algo superficial e raso, periférico; “enxergar” é estado de espírito aprofundado, que pressupõe envolvimento, imersão. A Bíblia nos ensina, por figura de linguagem, que quando alguém se converte a Deus um “véu” lhe é retirado. Esse “véu” cobre o entendimento de todo ser humano, que nasce ignorante em relação ao seu Criador (2 Coríntios 3: 13 a 16). Se colocarmos uma venda em nossos olhos, o que podemos esperar senão escuridão e desorientação? Esse é o estado de quem não tem Deus no seu coração: escuridão e desorientação.  

Outra boa palavra que bem define a migração de um estado para o outro, isto é, de descrente para crente, ou a conversão a Jesus, denomina-se “metanoia”, que é uma palavra de origem grega. Na verdade, é a junção de duas palavras gregas: “meta” significa “que vai além” ou “que está além”; e “nous”, que pode ser traduzida como “mente”, “consciência”, “intelecto”, “pensamento”. Logo, “metanoia” (que acontece com o arrependimento do “velho homem”) pode ser definida como: “pensar diferente, adquirir uma nova compreensão da realidade, expandir a mente em Jesus”. “Metanoia” é, pois, uma expansão da consciência, que acontece, naturalmente, quando nos entregamos a Jesus. Essa “expansão da consciência” está entre as melhores coisas que eu já recebi em minha vida, pois aprendi que Deus Se prova a Si Mesmo para conosco, Seus filhos. Aconteceu comigo: o Senhor me mostra os meus maus caminhos e me corrige, por Ele sou guiado pelo Caminho Eterno, e Deus Pai cuida de mim, desde então, o tempo todo. Tudo isso pode acontecer com você também. Quer? Faça do verso uma oração sua.

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: