Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Criado-Mudo (O Sagrado)

O livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive – Pe. Antônio Vieira.

.

Livro recomendado: “O SAGRADO” – Nilton Bonder. Editora Rocco, 2007. 135 Páginas.

Um pouco sobre o livro: a matéria deste livro não é fácil de ser apreendida, mas trata-se de uma leitura que vale muito a pena. Eu li este livro inteiro duas vezes, e reli vários trechos outras tantas vezes, na tentativa de fixar as ideias, advertências e conselhos do autor, postos com muita sobriedade, propriedade e bom senso. Curioso é que o livro anterior que li e recomendei era de um padre, e este é de um rabino. Ora, o Deus dos Judeus é o mesmo Deus dos Cristãos, e onde quer que haja sabedoria, Judeus e Cristãos devem lá buscá-la. Aliás, Deus é Deus, o Senhor: há apenas Um. E nos Textos Sagrados Ele nos incita a buscar sabedoria.

Sobre o livro em si, seu conteúdo coloca o ser humano contra a parede, e o faz refletir sobre certos aspectos ligados à espiritualidade, além de colocá-lo face a face com o autoengano. Ele nos mostra com que facilidade nós procuramos atalhos na vida, mas que a vida é sagrada, e deve ser vivida sem subterfúgios e/ou desvios. Perguntas como “Quem é sábio?“, “Quem é poderoso?“, “Quem é rico?“, “Quem é respeitado?etc., nos são feitas e nós as fazemos a nós mesmos, no final das contas, em posterior autoanálise (depois de termos tido contato com as respostas do autor). Ele, o autor, nos mostra como é fácil a perversão da realidade, e nos ensina como evitar cair nesse engano, incluindo fugir de armadilhas de pessoas mal intencionadas que buscam nos iludir com condutas nefastas e/ou com raciocínios viciados por meias verdades. De toda sorte, é muito difícil explicar o significado ou o impacto da leitura deste livro em uma pessoa. O que posso dizer, como testemunho até, é que em mim teve boa eficácia, me engrandeceu, e me ensinou muitas coisas úteis, especialmente como lidar com a realidade sem pervertê-la ou, ainda, vê-la pervertida por terceiros. Pura sabedoria de Deus, ao iluminar o autor para escrever esta obra. 

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: