Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Provérbios 3: 30.

1mVersículo 1aVerdade *

“Não contendas com alguém sem razão, se não te houver feito mal” – Pv. 3: 30.

Jesus, quando esteve entre nós, adotou a postura de ser manso e humilde de coração (Mateus 11: 29). Salvo o episódio do Templo em Jerusalém, no qual Ele expulsou os cambistas e vendedores, derrubando-lhes as bancas, espalhando o dinheiro e soltando os animais (Mateus 21: 12 e 13), não se vê Dele qualquer outro ato material violento. O Mestre era, é e sempre será pacífico, e temos a confirmação dessa assertiva na própria Bíblia Sagrada (Lucas 9: 51 a 56). É bem verdade que Jesus, por incontáveis vezes, era duro com palavras, mas somente diante da religiosidade, da falsidade e da hipocrisia de alguns. Nesse passo, os Fariseus, Saduceus, Sacerdotes e Escribas eram alvos frequentes Seus, por motivos óbvios. E Jesus é o nosso exemplo máximo de conduta: devemos imitá-Lo.

Certo é, no entanto, que Jesus desagradou muita gente, e ainda desagrada, nestes nossos turbulentos dias. Misericórdia! – mas é verdade. Muitas e muitas pessoas detestavam o Senhor Jesus, especialmente na época de Seu Ministério. O grande problema era que pela pregação de Jesus, Ele não abalava apenas as pessoas, mas também colocava na “corda bamba” costumes, tradições, escalas sociais, governos, sistemas de governos, reinos etc., e, com isso, punha em risco uma variada e extensa gama de interesses. Quem estava por cima, por assim dizer, não queria ver ninguém mexendo em sua “zona de conforto”, muito menos a supressão de regalias, honras e benefícios. Mas Jesus não estava preocupado com o fato de Lhe fazerem mal ou não, e eventual contenda por Ele criada acontecia não por isso, mas por conta da pregação das Boas Novas, em estrita e fiel obediência à vontade de Deus.

De todo modo, o conselho do verso a nós todos é bom, muito bom. A primeira lição que dele extraímos nos diz para não contendermos com pessoa alguma, salvo se dela sofrermos algum mal. Mesmo assim, podemos ainda escolher se enfrentamos a situação ou a deixamos passar, confiando a Deus a nossa defesa e a justiça a ser eventualmente feita. Nessa matéria, aliás, não existe melhor diretriz do que aquela que encontramos na Santa Palavra de Deus: Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens. Não vos vingueis a vós mesmos, mas dai lugar à ira, pois está escrito: Minha é a vingança; eu retribuirei, diz o SenhorRomanos 12: 18 e 19. E complementando: Sabei isto, meus amados irmãos: Todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar e tardio para se irar, pois a ira do homem não opera a justiça de DeusTiago 1: 19 e 20.

Fantástica a sabedoria da Bíblia, não? O problema é que o ser humano sempre ocupa um determinado e específico “espaço” na vida, e esse “espaço” sempre incomoda alguém, invariavelmente. Há, por isso, quem não goste de nós, quem nos deteste, ou mesmo nos odeie; e nós também não somos obrigados a gostar de todas as pessoas (somos obrigados a ter e agir sempre com respeito, e a manter a paz, na medida do possível). O segredo, imagino, é fazer as coisas sempre de coração limpo, com honestidade, transparência e sinceridade. Se mesmo assim alguém se incomodar com algo que fizemos, ou fomos obrigados a fazer, ou, ainda, simplesmente tiver uma reação negativa por ocuparmos aquele determinado “espaço”, ora, então, nenhuma culpa nos poderá ser atribuída ou imputada. O pretenso desagradado que fique com seu desagrado. Devemos ter em mente que precisamos ser sempre verdadeiros, mansos e pacíficos como o Senhor Jesus, e amantes do bem e de tudo o que for correto e idôneo, nos apartando do mal. De novo me socorro da Bíblia Sagrada: E não nos cansemos de fazer o bem, pois a seu tempo ceifaremos se não houvermos desfalecido. Então, tendo oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente aos da família da féGálatas 6: 9 e 10. E, encerrando o texto, o complemento Bíblico definitivo: Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bemRomanos 12: 21. Vivamos, pois, em paz, e na paz: a paz do Senhor!

© Amor-Perfeito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: