Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Provérbios 20: 4.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“O preguiçoso não lavra na estação própria; pelo que na sega ele busca, mas nada encontra” – Pv. 20: 4.

As verdades expostas na Bíblia Sagrada nos conduzem às melhores práticas na vida, em geral. E se as seguirmos, evitamos e nos livramos de muitos males, com toda a certeza. Deus nos guarda, sem dúvida alguma, entretanto, isso não quer dizer que podemos ser pessoas sem iniciativa, preguiçosas e negligentes. E é isso que o verso tenta nos ensinar: certas coisas dependem de nós.

Outro dia me contaram a história de um pastor que se aposentou, e procurando um lugar para viver, dentro de suas limitadas possibilidades, enfim achou um pequeno sítio, acho que no interior, tendo-o comprado, pois. Contudo, o lugar estava bastante “largado” e depredado: havia mato por toda parte, sujeira e poeira, a casa estava quase em ruínas, a cerca derrubada em vários pontos, a porteira quebrada, um verdadeiro caos, tudo precisando de consertos e reformas. Então o pastor, que não tinha muitos recursos, e para economizar, pôs a “mão na massa”, e com muita paciência, tempo e determinação deixou seu sítio um lugar aprazível; alguém diria: “um brinco!”.

Assim, depois de todo trabalho, o pastor satisfeito com seu esforço e obra, lhe aparece um vizinho “gaiato” e lhe diz: “Puxa vida, pastor, que belo trabalho você e Deus fizeram aqui, não?”, se referindo ao sítio, todo reformado e lindo. Ao que ele, o pastor, retrucou: “Realmente eu e Deus fizemos um grande trabalho, mas quando o sítio estava só nas mãos de Deus, nada aconteceu…”. Ouvi esta história de um amigo, e não sei se é verdadeira, mas sei que não é culpa de Deus a falta de iniciativa nossa, e que muita coisa do que somos e temos depende exclusivamente de nosso esforço, iniciativa e determinação.

Alguém já disse que “nada cai do céu”, porém, eu afirmo que muita coisa vem do Céu, a salvação de nossas vidas, em Jesus, por exemplo, dentre inúmeras outras graças. Mas isso não significa que não temos a nossa parte a fazer. Deus nos dá muitas coisas, e dentre elas, muitas possibilidades e chances. Tudo depende de como as encaramos, e se agarramos as oportunidades ou as deixamos passar. Muitas situações fogem ao nosso controle; porém, outras tantas dependem de atos nossos. Aquelas com as quais não podemos lidar, Deus é quem cuida; as demais, de outra sorte, cuidamos nós, a partir de iniciativas próprias. É assim que funcionam as coisas com Deus. Se deixarmos a “vinha” ao sabor dos elementos, seremos como o vinhateiro irresponsável e negligente de Provérbios 24: 30 a 34. Não é essa a atitude ideal, que Deus espera de cada um de nós. A misericórdia de Deus é fantástica e espetacular, mas não contemos sempre com ela em nossos caminhos (Êxodo 33: 19). Pelo contrário, sejamos todos proativos e vivos, nesta vida tão trabalhosa e árdua. Tomemos como nosso aquele dito norte-americano dos “malhadores de plantão”, viciados em exercícios físicos e em saúde, e que não saem de suas academias de ginástica: “no pain no gain” (sem dor, sem conquista – sem ônus, sem bônus). Então, todos nós, “lavradores” do Senhor, sem preguiça, “aos seus respectivos campos”, a “lavrar e a “lavrar”, e sem esmorecer, certos de que a “sega” virá, abundante, em Jesus.

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: