Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Lucas 7: 21.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Na mesma hora Jesus curou a muitos de enfermidades e males e espíritos malignos, e deu vista a muitos cegos” – Lc. 7: 21.

João Batista havia enviado dois de seus discípulos para perguntar a Jesus se Ele era ou não o Messias. Naquele instante, antes da resposta, Jesus curou muitos enfermos e atormentados. Na Bíblia há um verso que diz: “Jesus fez muitas outras coisas. Se cada uma delas fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que seriam escritos” – João 21: 25. Quantas e quantas coisas, maravilhas e milagres, ensinos e pregações, conselhos e palavras de afeto, exemplos e admoestações, e tudo o mais o que se possa imaginar, vieram de Jesus em vida?

Não é a toa que o Mestre disse certa vez aos seus discípulos: “Pois em verdade vos digo que muitos profetas e justos desejaram ver o que vós vedes, e não o viram, e ouvir o que vós ouvis, e não ouviram” – Mateus 5: 17. Ver e ouvir Jesus Cristo como homem, em ação, deve ter sido a melhor experiência de um ser humano na Terra. Nem consigo imaginar tal situação… Muitas pessoas da época de Jesus tiveram convivência com Ele. Andavam com Ele por todo lado, conversavam com Ele, comiam e bebiam com Ele, ouviam-No “ao vivo e a cores”, recebiam ordenanças e pedidos diretos do Mestre, viam-No agir, com poder e glória, em Nome de Deus Pai. Fantástico!

E depois disso tudo, depois da ascensão de Jesus, sobrou aos Seus discípulos e seguidores difundir Sua Palavra às gerações seguintes. Até que um dia a Bíblia Sagrada foi compilada e chegou às nossas mãos. E Nela temos apenas um vislumbre daquilo que Jesus foi e fez, e do que Ele representa. E esse “pouco” que vemos já é suficiente para nos mover as entranhas em direção ao Reino de Deus. Já nos dá aquele “frio na barriga”, aquela ansiedade de se estar perto do Filho que nos leva ao Pai (João 14: 6). Com o perdão da má palavra, esse “pouco” que encontramos na Bíblia Sagrada a respeito Dele (tendo em vista tudo o que Ele fez e é), nos constrange e nos impele a querer estar aos pés de Jesus, o Cristo de Deus, nosso Senhor e Salvador.

De fato, o melhor lugar para estarmos nesta vida é mesmo aos pés de Jesus. Foi assim com a mulher pecadora aos pés do Mestre na casa de Simão, fariseu (Lucas 7: 36 a 50). Foi assim com a mulher que Lhe tocou as vestes e foi curada do fluxo de sangue (Marcos 5: 25 a 34). Com tantos outros e outras, igualmente. E, ainda, por fim, um dos mais belos exemplos extraídos das Escrituras: “Indo eles de caminho, entrou numa aldeia. E certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa. Tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava distraída em muitos serviços e, aproximando-se, disse: Senhor, não te importas de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. Respondeu-lhe Jesus: Marta, Marta, estás ansiosa e preocupada com muitas coisas, mas uma só é necessária. Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada” – Lucas 10: 38 a 42. Então, voltando ao verso, será que os discípulos de João Batista entenderam quem era Jesus? E nós, porventura, sabemos realmente que Jesus é… Deus?

© Amor-Perfeito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: