Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Provérbios 20: 10.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Duas espécies de peso, e duas espécies de medida são abominação para o Senhor, tanto uma coisa como outra” – Pv. 20: 10.

A certa altura da minha vida me achei bastante fragilizado, e isso por conta de situações pessoais difíceis e complicadas. Não tinha dinheiro algum, estava sem emprego, tive de mudar de cidade, e estava sozinho. Algo como: “sem lenço e sem documento”, mas indo. Indo. Na Graça de Deus. Depois da dita mudança, um amigo me levou a certa igreja, e lá fiquei por algum tempo. Nesse passo, abro parêntesis para dizer que, dada a minha situação e momento, qualquer “alimento” me satisfazia, de maneira que só percebi os enganos e as heresias pregadas naquele local depois que comecei a me envolver com as atividades e de ver os “bastidores” de lá.

Andava, na época, sempre angustiado, triste, e sedento por qualquer palavra amiga e fraterna. Qualquer que fosse. E esse verso me lembrou disso, com uma “cena” que me veio à mente. Eu estava interessado em um livro que, na verdade, é um lixo (e, por isso, deixo de mencionar aqui seu nome), mas queria saber se a leitura valia o esforço. Então, certa noite de culto, pouco antes deste (de seu início), vi um dos pastores daquela igreja próximo do púlpito, e fui até ele para perguntar sobre o livro.

Assim, a ele me apresentei, e lhe fiz a pergunta. Sua resposta, lacônica e fria, foi a de que o pastor principal da igreja (um desses que se diz “apóstolo”) aprovava a leitura da obra. Logo em seguida alguém o chamou, e ele simplesmente me virou as costas, com total desrespeito e “zero” de espírito cristão, como se eu não existisse, e me deixou “falando sozinho”. Buscava atenção, encontrei desprezo. Graças a Deus Pai, eu sempre fui zeloso na leitura da Palavra de Deus, e isso me afetou pouco. Só um pouco. O dito pastor não me deu a atenção devida, que eu tanto precisava. Talvez nem tanto em relação ao livro em si mesmo, que mais parecia ser um bom pretexto para ter uma conversa com um irmão, um pequeno apoio, ainda que breve.

Porém, com sinceridade, quem era eu para aquele cidadão “tão importante”? Nada. Um “ ninguém”. Mais um. Alguém insignificante (vide João 6: 37). Sem nenhum atrativo ou interesse para ele. Esse pastor e os demais “líderes” (“ungidos de Deus”), nessa igreja (cuja  lamentável prática era normal e corriqueira), davam atenção apenas para as “ovelhas” que tinham algo a lhes oferecer. Se a pessoa era conhecida, famosa, rica, ou tinha qualquer qualidade que lhes despertasse algum interesse, essa pessoa lhes tinha toda atenção. Caso contrário, a pessoa era marginalizada “sem choro nem vela”. Sem dó. Como aconteceu comigo. Dois pesos e duas medidas. Conduta pecaminosa que destrói vidas; daqueles que não têm meios próprios para se defender. Mas isso nos serve de lição e ensino para aprendermos que não devemos agir assim. Com ninguém. Nunca. Jamais. Não se pode desprezar o próximo, seja ele quem for. Tal conduta, nefasta, é inconcebível de vir de alguém que diz que ama a Deus e “fala” em nome de Cristo Jesus. Dois pesos e duas medidas se perfazem em abominação para o Senhor. Tanto uma coisa como outra.

© Amor-Perfeito

4 Comentários

  1. JUlie aLMEIDA

    Eh verdade tudo que disse! Vi outros estudos sobre pv 20.10 e falavam mais sobre ser honesto nos negócios e tal, mas vc me chamou atenção pra algo q eu estava negligenciando a atenção ao proximo seja ele quem for! Vou me policiar agora e da atenção aos fortes e aos fracos na fé! Confesso q eu n estava com paciência pra os fracos, eu to querendo tanto amizade com quem tem uma Palavra de força, de coragem de fé, coisas q os fraquinhos não tem por enquanto, entao abandonei todos q não estavam no meu ritmo! E corri a corrida só e agora to vendo o quanto fui tola, rígida e infantil e arrogante! Vou correr atras dos fraquinhos e pedir desculpas 😊 e mudar de atitude que eh o melhor pedido de desculpas!!

  2. Deus te abençoe. Minha experiência foi real; que a sua seja também, em Jesus. Só a sua mudança de pensamento já é algo positivo aos olhos do Senhor. Paz.

  3. gabriela

    Entrei aqui só pra ver o significado dessa passagem, pois foi um daqueles momentos que a gente abre a Bíblia e cai em algo que Deus quer que a gente entenda. Agora saio daqui com mais perguntas e mais pensamentos, mas acho que isso foi bom pra mim. Obrigada a paz irmão.

  4. Gabriela, eu admito que o texto é um pouco “pesado”, embora seja um retrato da realidade, infelizmente. Minha intenção aqui sempre foi fazer as pessoas refletirem sobre tudo o que diz respeito ao Senhor nosso Deus e Pai. Se vc saiu com perguntas e pensamentos, creio que atingi meu objetivo, e o Senhor o Dele, porque me fez escrever o que está escrito. A única coisa q eu te digo com convicção é: jamais abandone ou culpe a Deus pelo que os outros possam ter feito a vc, e jamais deixe de caminhar pela Boa Vereda, pois é o único Caminho onde encontramos o Senhor Jesus. Deus te abençoe, e que a paz de nosso Mestre te invada. Amém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: