Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Provérbios 27: 18.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“O que cuida da figueira comerá do seu fruto; o que zela pelo seu senhor, será honrado” – Pv. 27: 18.

A vida dá trabalho, mas tem as suas compensações. Algumas coisas parecem acontecer com base na lei de “causa e efeito”, “ação e reação”. Em todas as coisas (figurativamente, forma marcada pela relação semente-fruto), pela Bíblia Sagrada, aquilo que o homem semear, isso ele há de colher (Gálatas 6: 7, e Mateus 7: 16). Claro que há exceções, mas na vida não devemos contar com as exceções. Melhor é ir pelo caminho do que é certo, isto é, ordinário.

Esforço pessoal empenhado em qualquer coisa é algo ordinário (corriqueiro, comum, esperado); milagre é algo extraordinário e, portanto, raro. Por certo Deus vela por nós e nos ajuda em tudo, mas há sempre aquilo que depende de conduta nossa, esforço e trabalho (em todos os sentidos). Atos positivos, movimento, força, enfrentamento de problemas, dissabores, embaraços, aborrecimentos. Por fim, o resultado do labor: “O que cuida da figueira comerá do seu fruto”. O prêmio e a recompensa daquele que fez o que tinha que fazer: “o que zela pelo seu senhor, será honrado”.

O Senhor Deus nos mostra que devemos agir na vida, na busca de ser, ter e fazer (o que seja), mas com coração Nele (senão nos faltará sentido). Quem não se “mexe” não prospera, ou prospera menos. Não esperemos por milagres; se milagres vierem até nós, glória a Deus, Aleluia! Ótimo, assim seja, pois são dádivas de Deus. E quem não quer receber dádivas de Deus? Porém, o pior “caminho” é daquele que “descuida da vinha” na espera de milagres (Provérbios 24: 30 a 34). Ou de quem faça por ele.

Assim, em quaisquer circunstâncias, estejamos todos em constante movimento, e fugindo da inércia. Que as nossas vidas sejam repletas de sonhos, projetos, objetivos, anseios, realizações, e que nós tenhamos sempre disposição e fé para seguir adiante. Que ninguém tenha medo ou receio de se arriscar na busca dessas coisas todas, em Cristo Jesus (Romanos 8: 31). Para trás de nós, preguiça (Provérbios 19: 15, e Eclesiastes 10: 18), e tudo o mais que nos impeça de sermos íntegros, felizes e realizados. “Brincando com as palavras” do verso: “cuidemos sempre da ‘figueira’ e tenhamos em todo o tempo zelo perfeito pelo nosso Senhor!” Por fim, nunca (jamais) percamos de vista o fato de que: Aquele que em nós começou boa obra há aperfeiçoá-la até o dia de Cristo Jesus (Filipenses 1: 6). Amém!

© Amor-Perfeito

Anúncios

2 Comentários

  1. Nivaldo Antonio alves

    Um dia após o outro sempre em busca do melhor pra sua família, a Figueira de um pai são seus filhos por isto cuidem bem deles que hão de lhe dar bons frutos

  2. Nivaldo Antonio alves

    Nossos filhos são nossas figueiras e bem cuidadas darão sempre ótimos frutos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: