Amor-Perfeito

"Eu me deito e durmo; acordo, porque o Senhor me sustenta" – Salmo 3: 5.

Tiago 4: 10.

* 1mVersículo 1aVerdade *

“Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará” – Tg. 4: 10.

Qual será o sentido desse verso? O ser humano tem a propensão de querer estar “por cima” das coisas, sempre em evidência. É difícil imaginar alguém que goste de servir e de se humilhar. Essa definitivamente não é uma tarefa fácil. Mas houve um homem, enviado por Deus, que se humilhou em prol de todos nós, e Deus O exaltou sobremaneira: Jesus Cristo de Nazaré.

Temos esse exemplo, pois, de Jesus, a respeito do tema. Sabemos o que aconteceu com Ele, pela história da Paixão de Cristo. Temos acesso à riqueza de detalhes do evento todo, com base nos vários relatos de pessoas contemporâneas ao Rabi. De fato, fora as narrativas extra-oficiais, que são muitas, nós contamos com os relatos de Mateus, Marcos, Lucas e João, nos descrevendo tudo o que Jesus fez em vida na carne, como sofreu injustiças, como se humilhou perante Deus e como foi humilhado pelos homens, tanto judeus como gentios. Certamente Ele foi Único, Especial.

O exemplo de Jesus se presta (também) a nos encorajar a agir do mesmo modo. Por certo nós não teremos de enfrentar nem a metade do que Jesus enfrentou, e, ainda, temos a vantagem de saber que no fim a vitória é certa, como foi com Ele. Jesus se humilhou e foi humilhado, mas venceu a peleja que Lhe foi imposta, como ninguém antes Dele, e como jamais alguém vencerá. Contudo, muitos homens e mulheres podem se beneficiar da vitória de Jesus, para igualmente vencer suas pelejas particulares. Esse é o principal legado deixado pelo Mestre.

Humilhar-se perante Deus é reconhecer o estado de dependência que todo ser humano tem para com o Criador. É reconhecer nossa fragilidade e fraquezas, em todos os sentidos. É a admissão de que somos limitados, pequenos, “pó da terra”. E humilhar-se perante os homens, bem diferente do que sofreu o Senhor Jesus (salvo exceções de mártires da fé), se traduz em tão somente admitir, para si e para o Mundo, que o Senhor é o único Deus, Santo e Bendito, Todo-Poderoso. Dentro desse contexto, muitas vezes (não todas), devemos abrir mão do que seriam os ditos “nossos direitos”, somente para exaltar o Pai e deixar com Ele a solução de nossos problemas. Como exemplo (dentre infinitos outros), podemos deixar de ter uma reação agressiva, em determinada situação, para que o amor prevaleça e a Justiça de Deus seja aplicada sem reservas. Significa dizer: confiança plena Nele, e dependência integral Dele; que O faz feliz, e Ele nos exalta.

© Amor-Perfeito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: